Macau #3

Esta viagem foi maravilhosa, mas muito cansativa! Quando o Cisco (guia) nos perguntou se queriamos fazer uma  excursão a pé pela parte mais antiga de Macau, não podia dizer que não! Mas que custou, custou!

Fomos até o Largo do Senado, e a sensação que temos, é que estamos numa pequena cidade do Norte de Portugal. Claro, que não fossem os milhares de chineses a passear e a falar cantonês. Mas nada é perfeito, certo?
Visitámos por dentro este Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais e deixo aqui algumas fotos por dentro do edifício...
Este edifício com imensos azulejos portugueses...
E até cá está uma escultura de Luis vaz de Camões...
Encontrámos uma farmácia portuguesa...por fora, quando entram lá dentro, só tem funcionários chineses e ninguém fala português!
Nesta livraria/ papelaria ainda se fala um pouco de português, e aqui comprei a Revista Caras e a Teleculinária, iupiiiii!
Seguimos viagem até à igreja de S. Domingos,
Por dentro...
Um dos locais mais concorridos de Macau são as Ruínas de São Paulo, antiga Igreja da Madre Deus.
Por trás,
Esta Igreja ardeu duas vezes, sendo que da última vez só restou a fachada da frente. É surpreendente como a fachada se mantem em pé,
O mais curioso é que atrás das ruínas,  está um templo chinês Na Tcha, muito mais antigo que a Igreja,  dedicado ao Deus do Fogo. Será ironia do destino a Igreja ter ardido 2 vezes? 
Junto do templo também está o muro que, durantes centenas de anos separou os portugueses dos chineses, 
Até que, alguns chineses se começaram a apaixonar por portuguesas e vice-versa  e o muro passou a ser somente simbólico, nascendo assim os macaenses!
Todas as ruas têm os letreiros em português e em chinês,
Fomos lanchar ao restaurante Platão que fica ali perto, com esplanada a fazer lembrar Portugal,

Nada como comer uns salgadinhos e beber uma sagres, claro que eu não bebi...
E já quase sem forças, mas com a barriga cheia, fomos visitar a loja da Margarida Vilas Boas, Mercearia Portuguesa!
O espaço faz lembrar aquelas lojas portuguesas mais do interior, com imenso artesanato português,
Tivemos a sorte de a encontrar lá, e claro que tirei uma foto para vos mostrar! 
Super exausto fomos até ao hotel descansar. O jantar foi levezinho, uma bifana que estava uma delícia,
E para sobremesa, uma banana split! 
No dia seguinte seguimos para a Disney, mas conto tudo no próximo post😃!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno