Caril de Frango, batata e cenoura

Esta semana apetece-me partilhar algumas receitas que faço sem Bimby, não porque ache que fiquem melhor sem a sua utilização, mas antes porque recebo alguns emails a pedir-me receitas muito fáceis, e que sejam feitas no fogão. Nem toda a gente pode ter Bimby e mesmo eu que sou a fã número 1, também tenho dias que gosto de usar o fogão, até porque posso estar a fazer ao mesmo tempo um arroz branco, uma sopa, cozer legumes ou a fazer uma sobremesa.
A receita que trago hoje é muito simples, mas é divinal! Confesso que só fiz uma vez caril na Bimby e ficou delicioso, mas a tampa e a colher mudaram de cor (depois acabou por retomar à cor inicial) e não me atrevo a 'estragar' a minha ajudante!
Em Singapura, em qualquer food court é possível encontrar caril, existem vários tipos, indiano, thai, malaio, singapurense, japonês, etc., mas o meu preferido é sem dúvida alguma o japonês. Não fazia ideia que os japoneses também tinham caril, mas têm, e é absolutamente maravilhoso. O molho não é tão picante e chega a ser adocicado, tem sempre batatas e cenouras e depois ou tem frango panado e frito ou camarão. Aqui em casa faço sem ser frito e incluo no 'guisado' a proteína e fica perfeito! Quem ficou fã deste caril foi a minha mãe quando cá esteve e levou umas embalagens da pasta do caril japonês para poder fazer em casa.

Aqui em casa acompanho sempre com arroz branco e um pão indiano que se chama 'Roti Prata', compra-se congelado e faço na hora, outra delícia dos deuses!!!
Espero que gostem!!!
Ingredientes:
1 cebola média cortada aos cubos
2 dentes de alho cortados aos cubos
4 colheres de sopa de azeite
1 cenoura cortada aos cubos
4 batatas grandes cortadas aos cubos
400 gr. de peitos de frango cortados aos cubos
850 gr. de água
1 caixa da pasta de caril japonês
1 colher de café de sal (ao gosto de cada um)


Preparação:
1. Num wok ou frigideira colocar o azeite, cebola e alhos cortados em cubos e deixar refogar até ficar tudo dourado.
2. Adicionar o frango cortado em cubos e deixar fritar por cerca de 5 minutos.
3. Adicionar as batatas e cenouras e o sal e deixar fritar por mais 5 minutos, mas ter cuidado para não queimar, o lume não deve estar muito alto.
4. Em seguida, colocar a água e subir um bocadinho o lume e deixar cozer por 15 minutos ou até os legumes estarem cozidos.
5. Quando já estiver tudo cozido, cortar a pasta do caril em pedaços pequenos e adicionar ao guisado para derreter,
Esta pasta de caril tem 3 níveis de picante, por isso adiciono metade de cada e fica perfeito. Existem várias marcas, mas esta é a minha preferida.
6. O lume deve estar baixo e deixar o caril ganhar a consistência desejada. Verificar se está bom de sal e servir de imediato. 
O pão indiano que vos falei em cima é este, compra-se congelado e vem separado por folhas de plástico.
É só aquecer uma frigideira anti-aderente (não necessita de gordura) e deixar por uns minutos, quando começa a levantar, deve-se virar,
Mais fácil não existe! E absolutamente delicioso!
Podem inventar e substituir a batata por batata doce, ou colocar outros vegetais, substituir o frango por camarão e por aí em diante!
Bom apetite!






Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno