Japao #3

Continuando a minha jornada por Tóquio, tivemos dias muiiiito frios e com chuva. Mas nada fez parar a Família Amaro, uma capa para a chuva e um chapéu acabou por resolver a questão. Ou então fazer uma pausa para café com um kit kat diferente😜! Foi o caso, quando tentámos visitar o Meiji Shrine, começou a chover imenso e tivemos que aguardar uns minutos, até que parou.
Valeu o tempo de espera, pois nem parece que estamos em Tóquio, parece uma floresta encantada completamente fora da agitação citadina. Adorei este templo e toda a envolvente.
Os míudos poderam dar umas belas corridas e respirar este ar tão puro e fresco...
O caminho até ao templo ainda demora e vamos vendo alguma arte japonesa...
Ainda tem esta extensão adicional do jardim, mas nós não fomos...
Os rapazes à espera de vez para lavarem as mãos na àgua sagrada...
É um ritual intetessante, a mão direita lava a esquerda e depois vice versa, e a mão esquerda leva no final a água à boca.
E finalmente chegámos...


Podem lançar uma moedas e pedir saúde para toda a família...
Esta árvore parece um perfeito cogumelo..
E onde se podem deixar mensagens, desejos,etc...! Claro que deixámos uma placa para mais tarde recordar...
Os rapazes a deixar a nossa mensagem...
Estas meninas vão retirando as mensagens e ficam guardadas no templo...

E mais uma cerejeira linda...
A Baby M. dormia quentinha no seu cazulo...
Existem muitos noivos que se casam neste templo e existem muitos batizados também,
Daqui seguimos viagem para a Tokyo Tower, que também vale a pena visitar, apesar que depois da Tokyo Skytree, as expectativas estão bastante elevadas.

A Baby M. acordou e já fez a visita no marsúpio...
A vista lá de cima...
Vista para um dos restaurantes mais famosos e tradicionais de Tóquio, onde se revive o ambiente japonês,  
E eu achava que Paris era a cidade do amor, mas Tóquio não lhe fica atrás. Em todos os sítios se podem deixar mensagens de amor...
Também tem chão de vidro,
Em toda a cidade se podem ver as cerejeiras em flor...
Hora de voltar para casa, com a ajuda dos Amaritos,
O metro tem 4 linha e é do mais eficiente possível, sempre a horas, super limpo e um silêncio profundo. Até chegarmos nós, claro!
Quando cheguei ao quarto ainda fui fazer uma sopinha para a Baby M., escusado será dizer que levei os legumes e foi pena ter-me esquecido do azeite, pois só o encontrei no supermercado no último dia...
Esta máquina dá imenso jeito, obrigada à minha amiga Fátima por me a ter emprestado😃
Boa noite e amanhã conto mais...














Comentários

  1. Os Amaritos estão radiantes e a Baby M já convive na alegria contagiante dos manos velhos!!! uma reportagem maravilhosa, para que não conhece. Obrigado e beijinhos a todos.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno