Japao #1

Tudo o que é bom acaba depressa! E estas férias foram sem dúvida alguma as melhores de sempre. Sobretudo, porque foram um grande desafio enquanto família, levar 2 crianças e um bebé para visitar 3 cidades em 11 dias, andar de comboio, metro, visitar museus, castelos, templos, parques, torres, andar de barco, reviver o frio. No final, sentimos uma enorme satisfação, pois foi bom para nós enquanto adultos, porque conseguimos visitar imensas coisas, mas também foi divertido para a pequenada e constatámos que conseguimos incutir neles o gosto por visitar monumentos e conhecer novas culturas. Nem sempre foi fácil, mas vamos ficar com memórias inesquecíveis!
Mas falando no Japão, que é para isso que aqui estou, adorámos! Um povo simpático, um país limpo e seguro, com uma rede de transportes fantástica, comida fabulosa, sítios lindos e o Cherry blossom é absolutamente maravilhoso! De uma beleza indiscritível e vale sem dúvida alguma visitar o Japão nesta altura do ano. 
O único entrave que sentimos foi mesmo a língua, pois o nível de inglês é baixo, mas passados os primeiros dias arranjam-se formas de contornar esse aspecto. São muito atenciosos e tentam ajudar! Nada como a linguagem gestual para nos fazermos compreender.
O Japão fica a cerca de 7 horas de avião de Singapura, e perde-se praticamente um dia com a viagem, porque também anoitece relativamente cedo e esteve sempre muito frio. Confesso que tinha muitas saudades do frio, mas é muito mais fácil e prático viver num país com calor, sobretudo com crianças! 
Para visitar o Japão, a melhor forma é andar de metro e de comboio, pois as linhas abrangem todos os pontos da cidade, os transportes estão sempre a horas e são bem mais económicos do que andar de taxi. Só mesmo quando estiverem exaustos é que recorram aos taxis pois são bastante caros.
O hubby fez um trabalho de casa impressionante, pesquisou tudo e mais alguma coisa e eu limitei-me a participar nesta tour tão bem organizada! Mas tinha mesmo que ser assim, ir com um plano, pois existem imensas coisas para visitar e indo com uma ideia do que queriamos fazer, facilitou muito! 
A primeira coisa a fazer é adquirir este passe, que permite a realização de viagens ilimitadas no território japonês por um período de 7, 14 ou 21 dias consecutivos.
E depois é preparem-se para andar muito e subir muitas escadas! Faz tudo parte da experiência!
Em Tóquio, ficámos alojados em Ginza que é bastante central para os locais que queriamos visitar, e também muito famoso pelos excelentes restaurantes de sushi que tem.
No primeiro dia, fomos logo ver as cerejeiras em flor, partimos até ao Ueno Park. Esta altura do ano tem imensos turistas e todos os locais estavam bastante cheios, mas nunca houve qualquer problema. 
Ficámos de boca aberta com tanta beleza, não tenho palavras para descrever..
Neste parque tinha um género de feira popular, com comes e bebes e muita diversão para a pequenada!
Depois da brincadeira, fomos até ao Museu Nacional de arte natural e ciência que também fica neste parque.
É sempre um programa giro e a pequenada agradece!
A nossa primeira refeição japonesa foi no Museu, e começou logo de uma maneira diferente. Na entrada do restaurante tinhamos que colocar o nosso nome numa lista de espera ( o único nome não japonês) e depois ficávamos a aguardar que este empregado com microfone fosse chamando os clientes,
E acabava sempre a frase a dizer SantaPagozaAma. Foi risada, pois os miudos diziam que o empregado nos estava a chamar, aos Pragosa Amaro! Escusado será dizer que quando chegou a nossa vez, ele só nos fez sinal para entrar.
E a cozinha japonesa é muito mais que peixe crú...
I
E hoje fico por aqui! Prometo continuar a contar a nossa aventura!



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno