Dieta dos 31 Dias

E são muitos os meus seguidores que me perguntaram qual a dieta que estou a fazer. E como gosto de partilhar aqui no blog algumas coisas com vocês, achei que deveria falar um bocadinho do que tenho andado a fazer nestas últimas três semanas. 
Numa tentativa de recuperar o peso antes das gravidezes, resolvi aderir à Dieta dos 31 dias. 

Esta será a terceira vez que estou a fazê-la, a primeira foi quando engravidei do Bu e engordei 25 kilos. Após um ano emagreci praticamente todo o peso, mas quis o destino que voltasse a engravidar, desta vez do Fon, e engordei 18 kilos. Da segunda vez que fiz a dieta, tive muita dificuldade em perder o peso, não por culpa da dieta, mas também por falta de força de vontade, de muito trabalho e sobretudo porque o Fon não me deixava dormir muito de noite. Quando ele fez 3 anos e foi o seu batizado estava quase no 'ponto', mas o dificil é manter e quem tem tendência para engordar anda sempre nesta luta da balança. Quando engravidei da Baby M. já não estava no meu peso ideal, pelo contrário, e apesar de ter engordado só 14 kilos, ainda tenho um longo caminho para voltar a estar em forma, além do peso da gravidez, tenho os kilinhos extra acumulados.
Esta dieta é diferente, pois permite comer pão ao pequeno-almoço e efctivamente não passamos fome. Comemos toda a carne e peixe que queremos grelhado, cozido ou estufado, com salada e legumes de uma lista de vegetais permitidos. Para snack podemos comer salsichas de aves, ovos, fiambre de aves, presunto, 2 triângulos da vaca que ri ou um iogurte magro, gelatina condi sem açucar e cola zero.
A primeira fase dura 15 dias, sem açucar, sem hidratos de carbono e o pior para mim, sem fruta. Em média, perde-se 2 a 3 kilos, mas cada pessoa é diferente e os homens emagrecem mais depressa que as mulheres e etc.
Pode-se beber café sem açucar e usar azeite para temperar ou para estufar e muitas ervas aromáticas para dar sabor à comida. Quando fiz a dieta das duas primeiras vezes não existia o livro, por isso, agora tenho essa vantagem, pois as receitas são deliciosas e não me sinto a fazer dieta. Os primeiros dias são os mais duros, e sobretudo quando temos um jantar especial ou aniversário, mas existem muitas opções e dicas que a Dra. Ágata vai dando na página que tem no Facebook. Para quem poder ir ás consultas, recomendo mesmo, porque dá uma motivação especial e ela é muito simpática.
Agora já estou na fase 2, perdi 2,5 kg, mas o meu metabolismo é mais lento que um caracol! Já posso comer uma peça de fruta ( da lista das frutas permitidas) e fazer 3 jantares de sopa ( da lista dos legumes permitidos). 
Espero ter saciado a vossa curiosidade e vou publicando algumas das receitas que vou fazendo do livro. Não existem milagres e só mesmo fechando a boca e aprendendo a comer saudável é que se vai lá! Claro que o exercício físico também ajuda, mas primeiro quero perder algum peso, ficar melhor do pé e depois é que vou  malhar.
Espelho meu, espelho meu, algum dia voltarei a ser assim?


Comentários

  1. é preciso ter sempre força de vontade, é o que digo a mim mesma todos os dias quando olho para o pão :) mas está óptima, já à algum tempo que sigo o blog e com três filhotes não são todas as mães que se podem gabar de estar assim!

    ResponderEliminar
  2. é preciso ter sempre força de vontade, é o que digo a mim mesma todos os dias quando olho para o pão :) mas está óptima, já à algum tempo que sigo o blog e com três filhotes não são todas as mães que se podem gabar de estar assim!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno