Malásia #1

O último dia de escola dos rapazes foi só meio dia, por isso aproveitámos para começar a nossa 'roadtrip', sabíamos que estávamos limitados com o tempo pois tínhamos o campeonato de Taekwondo na semana seguinte e não podíamos faltar, por isso tivemos que dar corda ao pedal para podermos ver o máximo possível.
                                     

A Malásia é um país imenso, lindo e uma das últimas florestas tropicais do Mundo, as estradas são óptimas e mal saímos de Singapura sentimos uma liberdade que não dá para explicar. Não me interpretem mal, adoro viver em Singapura, mas é uma ilha pequena e que ao fim de algum tempo começamos a sentir uma certa claustrofobia (também da humidade elevada, claro) e temos mesmo que sair daqui e ver uma estrada infinita ou simplesmente não ter tanto calor.
A nossa primeira paragem foi em Port Dickson para pernoitar e para descansar porque no dia seguinte queríamos visitar as redondezas. Esta pequena vila  piscatória, localizada na parte oeste da Malásia foi uma surpresa muito agradável, pois ficámos num bungalow em cima da água e foi maravilhoso adormecer com o som das ondas. O hotel é mesmo a pensar nas crianças, até tem uma pequena quinta pedagógica e tudo, a praia apesar de ser bastante famosa, não foi uma das nossas preferidas pois infelizmente tem alguns  petroleiros na costa e muitas algas. Mas aconselho mesmo a ficarem no Avillion Hotel, um pormenor engraçado é que a casa de banho era maior que o quarto e ainda para mais sem tecto:)
Foi difícil convencer a pequenada a sair das espreguiçadeiras da nossa varanda, o ar fresco e a vista são indiscritíveis e valeu bem a pena ficar ali a relaxar.
Mas como estavam esfomeados, acabaram por ceder e lá fomos nós explorar o hotel,


                                           
E ainda brincaram no parquinho do Hotel que tem um óptimo 'Kids Club'...

Depois fizemos uma paragem numa Quinta de Avestruzes que foi mais uma surpresa fantástica, pois tinha mais animais e os míudos puderam dar de comer às avestruzes. Elas são absolutamente gigantes e confesso que tive algum receio deste bicho enorme:))))

Esta andava à solta e o Bu foi o único corajoso...
Também tinham cabras e ovelhas...
....E burros, mas cheiravam muito mal e a Mia só dizia: 'Disgusting'


Como tomámos um pequeno-almoço reforçado, acabamos por almoçar mais tarde, mas em Kuala Lampur num novo restaurante, Rimba & Rusa. Perfeito para quem vai com criançada, pois a comida é muito boa e tem um espaço para a brincadeira...
 As sobremesas e batidos são de babar...
Mas a nossa escolha foi para um delicioso Leite Creme, estava divinal!!!
A pequenada estava tão cansada que acabou por adormecer no caminho para o próximo destino, Cameron Highlands. Ainda bem que adormeceram porque choveu imenso durante o caminho e acabamos por demorar mais do que esperávamos e já chegámos bastante de noite. Felizmente a chuva parou e soube tão bem sair do carro e sentir frio e o ar fresco típico das montanhas. O Hotel em que ficámos era absolutamente fantástico, The Lake House, uma antiga casa construída por um Coronel inglês em 1966 com o objectivo de ser uma 'Bed&Breakfast'. Todo o ambiente, decoração, simpatia dos funcionários, fez lembrar que estaríamos na Europa e não na Malásia. Ficámos todos fãs deste sítio e recomendo a 200% a ficarem pelo menos duas a três noites aqui.
 O quarto era lindo e muito acolhedor e na sala de jantar até acederam a lareira. 

Mas o Hotel tem uma política de que as crianças só podem jantar até às 20h30 no restaurante, depois disso só mesmo 'room service'. A Mia estava com tanta fome que nem aguentou esperar pelo jantar e acabei por lhe fazer uns noddles instantâneos que ela adora, não fosse esta menina nascida na Ásia e fã incondicional de noddles:))))
E já tinha saudades de dormir tapada e sem ar condicionado ligado!! 

(To be continue)




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno