Malaca #2

O segundo dia em Malaca foi bem aproveitado, conseguimos ver os monumentos mais emblemáticos desta cidade.
Começámos pela Igreja de São Francisco,
Fica junto ao rio onde se fazem cruzeiros,
Bem limpinho...
Nós fomos a pé, até chegar à Igreja Holandesa, que é a imagem de marca para divulgar Malaca,
Esta fonte foi construída pelos ingleses,
E a praça é muito bonita,
Nesta zona, existem imensas barraquinhas para se comprarem lembranças de Malaca,
Seguimos viagem e encontrámos as ruínas deste forte ou porto,
A Baby M. adorou tirar uma foto com os manos no canhão,
Ainda em perfeitas condições está este moinho,
Mas o momento máximo para a rapaziada foi quando chegámos à réplica da caravela, Flora del Mar onde funciona o Museu Marítimo.
O Museu Marítimo foi instalado numa réplica de uma caravela portuguesa do séc. XVI – o Flora del Mar - que se afundou no estreito de Malaca juntamente com um tesouro valioso. A exposição deste museu relata a história do sultanato de Malaca desde o séc. XIV até à ocupação britânica e apresenta alguns objectos antigos como mapas, armas e instrumentos marítimos. 
Depois de ver o barco por fora, a Baby M. adormeceu de tão cansada que estava e fizemos um intervalo na visita!
Depois do almoço e da sesta, foi altura de visitar o que resta da Porta da fortaleza portuguesa 'a Famosa',

Depois subimos uma escadaria imensa para chegar às ruínas da Igreja de S. Paulo, 
mandada construir por um capitão português em 1590 e a estátua de S. Francisco Xavier que esteve ali sepultado durante 9 meses.

Muitas pedras tumulares com inscrições em holandês, inglês e também português,
Acabámos o dia da melhor maneira, num passeio de tuc-tuc, mas do mais piroso que podem imaginar,
Espero que tenham gostado! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno