De volta ao meu Portugal #2

E não é que tudo o que é bom, acaba rápido!
Neste caso, a minha estadia por terras lusas passou num abrir e fechar de olhos! 
Entre um casamento, um batizado e uma virose que deu cabo dos 4 elementos da família, a Baby M. desta livrou-se, sobraram meia dúzia de dias!
Não me lembro de ter tido uma virose assim, e a desgraçada deu cabo dos meus mil e um planos! A única coisa positiva é que estive 3 dias a beber chá e a comer torradas, um verdadeiro detox, mas por outro lado, não podia comer as belas iguarias tugas que tanto adoro ! No último dia, disse para mim: Susy Paula, vais comer tudo, tudo, tudo a que tens direito, nem que a seguir vomites! Correu bem, e posso garantir que não fiquei mal disposta, mas parecia uma giboia no final do dia, cheinha, cheinha de coisa boas portuguesas para o proximo ano!
Nos próximos dias, vou fazer alguns posts de alguns sítios ( poucos, snif,snif) que visitei e pode ser que vos sirva de inspiração!
A viagem de regresso correu bem, mas quando o avião descolou em Portugal, não consegui conter as lágrimas! Não sei quando volto, gostei de vir ao meu país, mas agora também gosto de viver noutro! 
Quando cheguei à minha casa em Singapura senti-me também em casa!
Lá dizia o Marco Paulo, 'eu tenho dois amores', que em nada são iguais, neste caso é mesmo verdade, e até possível! 

Para quem me perguntou onde veio a Baby M. no avião, aqui fica a foto...
Uma alcofa presa na parede, com cinto para o caso de haver turbulência! Ela foi super confortável e quentinha!
Eles fornecem lençois e almofadas, mas eu levei lencois e mantas minhas!
A Baby M. tem umas bochechas que dão vontade de comer, não acham?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pão de Alho

Pão Doce

Pataniscas de bacalhau no forno